segunda-feira, 22 de outubro de 2018

A Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas), com colaboração entre a Unidade de Gerenciamento de Projetos de Prevenção de Violências (UGPPVA) e a Coordenadoria dos Direitos Humanos, realizará, na próxima quarta-feira (24/10), o I Seminário de Direitos Humanos, Mídia e Comunicação, no SESI/Senai. O objetivo é discutir políticas de comunicação, de forma inclusiva, que privilegie a efetivação dos direitos humanos e a expressividade.

O Seminário contará com palestras na parte da manhã e discussões em grupo no período da tarde. Segundo Thamila Santos, da Célula de Comunicação Colaborativa, Criativa e Cidadã da UGPPVA, o Seminário pretende construir uma carta de compromisso pela elaboração de uma política de comunicação comunitária no município.

PROGRAMAÇÃO
8h - Abertura
8h15 - Mesa de Abertura com Caio Oliveira (Jovem Comunicador/Coletivo Comunicação Periférica) Raphael Viana (professor e coordenador Jurídico/Sedhas), Ana Carla Dubiela (professora do Curso de Jornalismo/Uninta) e Isaías Nicolau (Radialista).
14h - Discussão dos Eixos Temáticos
   I - Mídias Periféricas e Experiências do Cotidiano: Narrativas e Resistências.
   II - A Lente e a Lei: Jurisdição Processual e Novas Mídias
   III - Mídias, Ciberdemocracia e Ativismo Digital.
   IV - Mídias, Ética e Imaginário: Comunicação e Territorialidades.

Inscrição AQUI

sexta-feira, 19 de outubro de 2018



Como parte da programação da I Semana do Professor de Sobral, a Secretaria da Educação de Sobral e a Câmara Municipal promoveram uma sessão solene, na quarta-feira (17/10), para homenagear um professor por escola, representando todos os professores da Rede Pública Municipal de Ensino de Sobral. Diretores, coordenadores pedagógicos, professores e seus familiares participaram da solenidade de reconhecimento e agradecimento aos educadores de Sobral.

Abrindo a sessão, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Vasconcelos, entregou uma placa de homenagem ao secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, pelos relevantes serviços prestados à educação sobralense. “Essa homenagem desta Casa é uma surpresa que preparamos para o senhor pelo excelente trabalho à frente destes guerreiros, professores, diretores e coordenadores que fazem na cidade de Sobral a melhor educação pública do País”, disse o presidente da Câmara.



Emocionado, o secretário agradeceu pela oportunidade e parceria com a Câmara Municipal e dedicou a placa para sua mãe, sua primeira educadora. “Neste ano fizemos questão de comemorar o Dia do Professor com uma ampla programação durante toda a semana. Pensamos neste momento para promover e compartilhar de uma alegria e reconhecimento importante que temos aos professores de Sobral, mas também aos seus familiares. Essa é uma homenagem muito singela, mas devemos sempre reconhecer o papel do professor no desenvolvimento de uma sociedade. Parabéns a todos os professores do município de Sobral”, afirmou o secretário. 

Representando os estudantes das escolas municipais, os vereadores mirins Wesley Clarindo de Castro e Maria Clara Ripardo agradeceram pelo empenho dos professores. “Ser professor é enxergar potencial onde outros enxergam caso perdido. E vocês, professores, tem em suas mãos o poder de transformar o mundo, basta saber usar. A vocês meu agradecimento por repartir seus conhecimentos, vivências, experiências e nos fazer acreditar que somos capazes de transformar os nossos sonhos em realidade”, disse a estudante da Escola José Parente Prado, Maria Clara Ripardo.

- Conheça os homenageados:

ü  Auricélia Santana de Sousa (Escola Antenor Naspolini)
ü  Francisca Mirna de Albuquerque Silva (Escola Antônio Custódio de Azevedo)
ü  Márcia Soares Fernandes           Escola (Antônio Mendes Carneiro)
ü  Francisca Verônica Rodrigues Duarte (Escola Coronel Araújo Chaves)
ü  Juliane Tabosa Guedes (Escola Senador Carlos Jereissati)
ü  Francisca Jovania Xavier (CEI Professor Arry Rocha de Oliveira)
ü  Joseane Costa Silva França (CEI Dolores Lustosa)
ü  Maria Sirliane de Sousa da Silva (CEI Domingos Olímpio)
ü  Conceição de Maria Cruz Rodrigues (CEI Dinorá Gondim Lins Aragão)
ü  Antonia Jamira Cordeiro de Araújo Andrade (CEI Irmã Anísia Rocha)
ü  Dulciele Alves Agostinho (CEI Jacyra Pimentel Gomes)
ü  Célia Maria Leandro Albuquerque (CEI Jean Torez Trindade)
ü  Cleidivania da Silva Lima de Loiola (CEI José Lourenço da Silva)
ü  Ana Leticia Canuto do Nascimento (CEI Prof. Maria José Carneiro)
ü  Francisca de Assis Silva Fernandes (CEI Prof. Maria Luciana Lopes Lima)
ü  Luciane Oliveira Mendes (CEI Maria Menezes Cristino)
ü  Liliane de Araújo Ferreira (CEI Prof. Miguel Jocélio Alves da Silva)
ü  Francimara Sousa da Ponte (CEI Tereza Rodrigues dos Santos)
ü  Facilda Teobaldo Brasil (CEI Terezinha De Jesus Ponte Aragão)
ü  Morgana Farias Melo (CEI Terezinha Rodrigues da Silva)
ü  Luciano Xavier Ribeiro (Colégio Sobralense Maria de Fátima Souza Silva)
ü  Lucimar Pereira Gomes (Colégio Sobralense Maria de Lourdes Vasconcelos)
ü  Francisco Régis Cordeiro da Silva (Colégio Sobralense Maria Dias Ibiapina)
ü  Iolanda dos Santos Fernandes (Colégio Sobralense Maria Dorilene Arruda Aragão)
ü  Francisca Elbia Paulo Borges (Escola Deliza Lopes)
ü  Maria Jaciara Rodrigues Melo Feijão (Escola Dinorah Thomás Ramos)
ü  Elioêne Estevam da Silva (Escola Elpídio Ribeiro da Silva)
ü  Antonia Bastos Gomes (Escola Emílio Sendim)
ü  Maria Otília Monteiro Gomes (Escola Coronel Francisco Aguiar)
ü  Francisco Aristides Pinto Mendes (Escola Deputado Francisco Monte)
ü  Robervanda Alves Pinto (Escola Frederico Auto Correia)
ü  Antonio Fernandes Tomáz Filho (Escola Professor Gerardo Rodrigues)
ü  Claytiane Ribeiro da Silva (Escola Jacira Mendes Oliveira)
ü  Soraia Bastos Barroso (Escola Joaquim Barreto Lima)
ü  Antônio Vieira Fernandes          (Escola José Arimatéia Alves)
ü  Maria Claudiana Jacinto Alves (Escola José da Matta e Silva)
ü  Samila Nascimento de Sousa (Escola José Ermírio de Moraes)
ü  Sinara Nascimento do Carmo (Escola José Inácio Gomes Parente)
ü  Fernanda Rodrigues da Silva (Escola Coronel José Leôncio)
ü  Narcisio Carneiro de Sousa (Escola José Parente Prado)
ü  Vilma Linhares Bezerra (Escola Leonília Gomes Parente)
ü  Clayton Rodrigues Bento (Escola Manoel Marinho)
ü  Márcia Cristina Paiva Gomes (Escola Maria do Carmo Andrade)
ü  Rosa Rejane Ribeiro (Escola Professora Maria José Santos Ferreira Gomes)
ü  Rafaela Monte da Silva (Escola Massilon Saboia Albuquerque)
ü  Francisco Reginaldo Araújo de Sousa (Escola Mocinha Rodrigues)
ü  Antonio Paiva da Silva (Escola Netinha Castelo)
ü  Maria Irismar Sousa (Escola Odete Barroso)
ü  Gilmara Alencar Duarte (Escola Osmar de Sá Ponte)
ü  Silvana Silva Braga (Escola Padre Osvaldo Carneiro Chaves)
ü  Rosa Maria Sousa Mendes (Escola Padre Palhano)
ü  Luce Patrícia Vasconcelos de Albuquerque (Escola Paulo Aragão)
ü  Antonia Regina do Nascimento (Escola Deputado Pery Frota)
ü  Camila Farias do Monte (Escola Caic Raimundo Pimentel Gomes)
ü  Maria de Fátima de Oliveira Ponte (Escola Raimundo Santana)
ü  Maria José Albuqerque Viana (Escola Raul Monte)
ü  Vicente Domingos Marques Júnior (Escola Trajano de Medeiros)
ü  Maria Márcia Lima (Escola Vicente Antenor Ferreira Gomes)
ü  Lúcia Maria Sousa Silva (Escola Maria Yêdda Félix Frota Mont'Alverne)
ü  Daniel de Oliveira Santos (Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras)


Via Secretaria da Educação


| Contaminação | Primeira confirmação foi em Forquilha; doença atingiu rebanhos em Groaíras, Santa Quitéria e Varjota

Já são quatro municípios e seis propriedades atingidos pela peste suína no Ceará. O primeiro caso foi identificado em Forquilha. Os registros se espalharam para Groaíras, Santa Quitéria e, ontem, animais de duas criações de Varjota apresentaram a doença. Apenas 35 mil dos mais de um milhão de cabeças de suínos do Estado possuem cadastro declaratório junto à Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri).

Ao todo, foram cerca de 150 animais contaminados. Todos, de acordo com o diretor de Sanidade Animal da Adagri, Amorim Sobreira, já sacrificados. A perspectiva é de que a quantidade de casos não siga aumentando. "Desses focos, fizemos um controle de vigilância num raio de 3km de todas as propriedades. Imagine que já fizemos cerca de 150 propriedades nesse raio e nenhuma apresentou animal sintomático", afirmou.

Temendo contaminação, a população tem feito notificações ao órgão, mas muitos dos registros não são confirmados. "Isso mostra que é pontual na região norte do Estado", destaca Amorim.

Todas as propriedades que apresentaram casos da peste suína são de pequeno porte. Condição estrutural comum no Nordeste, mas que apresenta desconformidades de controle sanitário. "Muita gente da agricultura familiar tem, criadores com quatro ou cinco matrizes. Não cria vendo o custo da produção e nem o retorno", explicou o presidente da Associação de Suinocultores do Ceará, Paulo Hélder. A entidade é composta por 25 criadores.

Nas granjas de criação tecnificada, de acordo com Paulo, o acesso está sendo restrito. "Normalmente, para entrar numa granja é preciso antes tomar banho, colocar bota, macacão... hoje os proprietários nem permitem visitas, para que não haja contaminação", detalhou.

Os criadores que tiveram seu rebanho sacrificado deverão ser ressarcidos em parte do valor de comércio de cada animal. A Associação Brasileira de Suinocultores estará à frente dos pagamentos, que giram em torno de R$ 5,20 por quilo vivo.

Os últimos casos de peste suína no Ceará tinham ocorrido em 2006 e atingido municípios como Forquilha, Coreaú, Tianguá e Caucaia. De lá para cá, a vacinação contra a doença, forma estratégica de buscar credibilidade com órgãos sanitários internacionais, não estava mais ativa. (Sara Oliveira)

CEARÁ

Dos 1,1 milhão de cabeças de suínos no Estado, apenas 35 mil são cadastrados na Adagri


Via O POVO

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Resultado de imagem para Haddad vem ao Ceará no próximo sábado
O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), desembarca no Ceará, no próximo sábado (20), segundo o coordenador regional da campanha, deputado federal José Guimarães (PT). Na corrida eleitoral do segundo turno, o petista vem ao berço político de seu ex-adversário Ciro Gomes (PDT)  em busca de atrair os votos dele.
Haddad vem ao Ceará na mesma semana que o irmão de Ciro, o senador eleito Cid Gomes (PDT), criticou, duramente, o PT durante evento de apoio a ele, organizado pelo governador Camilo Santana (PT), em Fortaleza.
O desabafo de Cid gerou tensão entre lideranças do PT no Estado, que chegaram a admitir que a visita de Haddad ao Ceará nesta semana, poderia não acontecer. O presidenciável, no entanto, minimizou, o episódio, afirmando que Cid é um amigo. O governador Camilo Santana (PT) também negou haver crise entre o seu partido e o grupo dos irmãos Cid e Ciro Ferreira Gomes e gravou um vídeo enfatizando o apoio dele à candidatura de Haddad. Cid fez questão de fazer o mesmo e também declarou voto em Haddad, apesar das divergências.
Após a confirmação da vinda de Haddad, a cúpula petista no Estado se reuniu com Camilo Santana, na tarde desta quarta-feira (17), para acertar os detalhes da agenda do candidato do PT.


Comarca de Sobral (Região Norte do Estado) ganhará duas novas unidades judiciárias, ampliando e facilitando o acesso do cidadão aos serviços do Judiciário estadual. A instalação será feita, na próxima quarta-feira (24), pela Presidência do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).
A primeira ação ocorrerá às 9h, com a inauguração da 2ª Vara de Família e Sucessões, no Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, localizado na av. Monsenhor Aloísio Pinto, 1300. Logo em seguida, às 10h, haverá a instalação da Vara da Infância e da Juventude, que funcionará no Centro Universitário Instituto Superior de Teologia Aplicada (Uninta), na rua Cel. Antonio Rodrigues Magalhães, 359, bairro Dom Expedito.
Às 11h, o TJCE realiza a inauguração da nova sede do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC), na Faculdade Luciano Feijão (rua Antônio Rodrigues Magalhães, 400, bairro Dom Expedito, prédio contíguo ao Núcleo de Prática Jurídica), onde disponibilizará todo o atendimento ao cidadão. Antes, o JECC possuía um Anexo na referida instituição de ensino.
Na avaliação do presidente do TJCE, desembargador Gladyson Pontes, as novas unidades garantem a ampliação dos serviços, além de facilitar o acesso, por meio da descentralização dos locais de funcionamento, permitindo maior intercâmbio com a sociedade, incluindo o ambiente acadêmico. Também cria juízo exclusivo para analisar casos envolvendo crianças e adolescentes, como destituição do poder familiar, adoção e medidas socioeducativas aplicadas a jovens em conflito com a lei.
COMARCA DE SOBRAL
Com as duas novas estruturas, Sobral passa a ter nove varas (três Cíveis, duas de Família e Sucessões, uma da Infância e da Juventude e três Criminais) e um JECC. Pertencente à Entrância Final (classificação das comarcas de grande porte), a Princesa do Norte possui mais de 206 mil habitantes, conforme previsão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
NOVA ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA
O aumento de unidades é resultado da nova Organização Judiciária do Ceará, de iniciativa do Tribunal. A lei foi aprovada pela Assembleia e sancionada pelo governador Camilo Santana. A legislação permitiu criar 18 varas e um Juizado em 16 comarcas com grande volume processual.
Já ocorreram inaugurações em Ocara (Vara Única), Itaitinga (2ª Vara), Horizonte (2ª), Canindé (3ª) e Caucaia (2º JECC). A ampliação contemplará ainda Maracanaú (duas novas varas), Juazeiro do Norte (duas novas unidades), Iguatu (4ª Vara), Russas (3ª), Icó (2ª), Trairi (2ª), Viçosa do Ceará (2ª), Beberibe (2ª), São Gonçalo do Amarante (2ª) e Acaraú (2ª).

Com informação do TJCE
A disputa pela Presidência da Câmara está causando atritos entre o Centrão – formado pelo DEM, PP, PR, PRB e Solidaridade – e o PSL, partido do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República. Dirigentes do Centrão dizem que, se Bolsonaro for eleito e quiser “atropelar” o centro, enfrentará forte oposição desde o início do mandato.
Na tentativa de amenizar o mal-estar, o senador eleito Major Olímpio, presidente do PSL paulista, afirmou que o assunto não está sendo objeto de discussão. “O importante é ter um alinhamento que dê solidez ao futuro governo”, afirmou ele.
Na véspera, porém, Olímpio havia confirmado ao Jornal O Estado de São Paulo a disposição do PSL para indicar o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do capitão reformado do Exército, à cadeira hoje ocupada por Rodrigo Maia (DEM-RJ). A defesa da indicação foi feita pelo general Roberto Sebastião Peternelli Júnior, coordenador das candidaturas de militares das Forças Armadas e deputado eleito.
As articulações do PSL irritaram o Centrão, uma vez que a maioria do bloco apoia a recondução de Maia à Presidência da Câmara. Além disso, o deputado Capitão Augusto (PR-SP), que integra o grupo, também quer lançar sua candidatura e nesta quarta-feira, 17, foi até a residência oficial de Maia para comunicar a decisão.
“Estou trabalhando alinhado com o Bolsonaro e pretendo disputar com Maia”, disse Capitão Augusto, que em dezembro comandará a Frente Parlamentar da Segurança Pública. “O Eduardo tem 32 anos, não pode assumir, por causa da linha sucessória da Presidência. Mas quem vai decidir isso no PSL é o zero um”, completou, numa referência à expressão militar usada por Bolsonaro.
A intenção manifestada pelo candidato do PSL de, se eleito, chamar bancadas parlamentares, e não partidos, para negociações políticas também vem sendo alvo de críticas do Centrão, que apoiou Geraldo Alckmin (PSDB) no primeiro turno da corrida presidencial.
“A culpa de o Fernando Haddad, do PT, ter ido para o segundo turno com Bolsonaro é nossa, do Centrão, porque deveríamos ter apoiado Ciro Gomes (PDT), e não Alckmin”, disse o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), presidente do Solidariedade. “Com o tempo de TV que o bloco tinha, haveria chance de levar Ciro para o segundo turno, mas fomos voto vencido. Agora, vamos ver o que vai acontecer.”
‘Afoiteza’
No Rio, Major Olímpio e o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) jogaram água na fervura política que opôs o PSL e o Centrão. “Alguns têm um pouco menos de experiência, um pouco mais de afoiteza”, afirmou Olímpio, sem citar o general Peternelli Júnior.
“Mas não está na cabeça do Bolsonaro, nem na direção do PSL, tampouco da coordenação geral da campanha, discutir como será a direção das Casas, como será a ocupação do espaço. Primeiro, temos de ganhar a eleição. Só depois, isso vai ser construído”, concluiu.
Anunciado por Bolsonaro como futuro ministro da Casa Civil, em caso de triunfo do PSL nas urnas, Onyx foi na mesma linha. “Qualquer coisa em relação ao Congresso só será discutida do Natal para frente. Nós temos de ter humildade, pé no chão”, comentou.
Ao dizer que, pelos planos do PSL, o partido ficará com a presidência da Câmara por ter a maior bancada eleita, apesar de estar atrás do PT, Peternelli Júnior também afirmou que, pelo mesmo critério, o MDB deve continuar presidindo o Senado.
Até agora, o candidato do partido para a sucessão de Eunício Oliveira (CE), que não foi reeleito, é o senador Renan Calheiros (AL). “Não dá para ampliar a linha de atrito. É preciso buscar a conciliação e acho que terei participação na escolha desse candidato”, afirmou Eunício.
Com informações do Jornal O Estado de São Paulo
Pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas divulgada nessa quarta-feira, 17, contratada pela Revista Crusoé, mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 60,9% dos votos válidos, quando são excluídos os votos brancos e nulos. Fernando Haddad, do PT, tem 39,1%.
Na pesquisa estimulada, o ex-capitão do Exército aparece com 52,9% das intenções de voto, enquanto o petista tem 33,9%. Outros 9,4% não escolhem nenhum e 3,8% não sabem. Já no índice de rejeição, Bolsonaro tem 38% e Haddad, 55,2%.
Entre os homens, Bolsonaro tem 59,2%, Haddad 31,6% (2,5% não sabem e 6,7% nenhum). Entre as mulheres, o candidato do PSL fica com 47,4% e o do PT com 36,1%. Cerca de 4,6% das eleitoras não sabem e 11,7% não escolhem nenhum.
Segundo a pesquisa, Bolsonaro também vence em todos os níveis de educação. A preferência cresce conforme aumenta o grau de escolaridade. Nas regiões do País, Bolsonaro vence com facilidade em todas, com exceção do Nordeste, única em que Haddad vence o candidado do PSL.
A pesquisa ouviu 2.080 eleitores durante os dias 14 e 17 de outubro em 162 municípios de 26 estados e no Distrito Federal. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número: BR-0446/2018.
Confira abaixo alguns números da pesquisa:
Votos válidos:
– Jair Bolsonaro (PSL): 60,9%
– Fernando Haddad (PT): 39,1%

Cenário estimulado:
– Jair Bolsonaro (PSL): 52,9%
– Fernando Haddad (PT): 33,9%
– Não sabe: 3,8%
– Nenhum: 9,4%

Níveis de educação:
– Ensino Fundamental
Jair Bolsonaro: 43,5%
Fernando Haddad: 43,3%
Não sabe: 5,2%
Nenhum: 8,0%
– Ensino Médio
Jair Bolsonaro: 56,6%
Fernando Haddad: 28,6%
Não sabe: 3,3%
Nenhum: 11,5%
– Ensino Superior
Jair Bolsonaro: 60,4%
Fernando Haddad: 30,0%
Não sabe: 2,4%
Nenhum: 7,3%

Por regiões:
– Norte + Centro Oeste
Jair Bolsonaro (PSL): 62,1%
Fernando Haddad (PT): 25,1%
Não sabe: 3,9%
Nenhum: 9,0%
– Nordeste
Jair Bolsonaro (PSL): 34,8%
Fernando Haddad (PT): 50,9%
Não sabe: 4,1%
Nenhum: 10,2%
– Sudeste
Jair Bolsonaro (PSL): 57,6%
Fernando Haddad (PT): 29,6%
Não sabe: 3,6%
Nenhum: 9,2%
– Sul
Jair Bolsonaro (PSL): 63,0%
Fernando Haddad (PT): 24,8%
Não sabe: 3,3%
Nenhum: 8,9%
Começa nesta quinta-feira (18) o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), calendário 2018/2019, para os trabalhadores nascidos no mês de outubro. Em relação ao Pasep, abono destinado a servidores públicos, que é feito pelo Banco do Brasil, o pagamento é para quem tem inscrição de final 3. Os pagamentos se referem ao ano-base 2017.
Segundo a Caixa, no caso do PIS, os valores variam de R$ 80 a R$ 954, conforme o tempo de trabalho durante o ano passado. Titulares de conta individual na instituição, com saldo acima de R$ 1,00, já receberam o crédito automático antecipado na última terça-feira (16).
A Caixa reservou R$ 1,3 bilhão apenas para o pagamento de 1,8 milhão de trabalhadores nascidos em outubro e que têm direito ao benefício. O início do pagamento se deu em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019. No total, ao longo do calendário de pagamentos, serão disponibilizados o valor de R$ 16,3 bilhões destinados a mais de 22,3 milhões de beneficiários.
Quem tem direito
Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2017.
Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento do banco estatal. Caso o trabalhador não tenha o Cartão do Cidadão ou não tenha recebido automaticamente na sua conta, o valor pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, bastando apresentar um documento de identificação com foto.
Abono de 2016
Os trabalhadores que não sacaram o Abono Salarial PIS/Pasep calendário 2017/2018, ano-base 2016, que terminou em 29 de junho, também terão nova oportunidade para sacar o benefício. Para esses trabalhadores, cerca de 8% dos beneficiários, o valor está disponível para saque até 28 de dezembro deste ano.

terça-feira, 16 de outubro de 2018



Na última terça-feira (09), o Curso de Pedagogia do Centro Universitário Inta (UNINTA) desenvolveu o projeto “Cine Educação-Aprendendo com a Arte”, com a presença de crianças da Escola Padre Osvaldo e dos bairros próximos a instituição. A coordenadora, Profa. Ma. Francirene Parente, e um grupo de acadêmicos lideraram as atividades em comemoração ao Dia das Crianças.

A programação contou com apresentação de vídeo educativo, com o objetivo de despertar o interesse no desenvolvimento das múltiplas linguagens através da diversão com harmonia na convivência social. Os estudantes do curso se caracterizaram com fantasias de personagens infantis e realizaram brincadeiras envolvendo as relações sociais, organizando as emoções através do sentir e fazer no processo de aprendizagem.

De acordo com a organização, “o brinquedo e o ato de brincar completam o mundo mágico infantil através de diferentes instrumentos e formas pedagógicas.” O evento foi encerrado com a entrega de kits escolares e coffe break para todas as crianças presentes.
O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ordenou a remoção de seis postagens no YouTube e no Facebook em que Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência, critica o livro “Aparelho Sexual e Cia.” e diz que a obra foi distribuída a escolas públicas no período em que candidato do PT, Fernando Haddad, comandava o Ministério da Educação.
Nos vídeos, Bolsonaro afirma que o livro integra o programa Escola sem Homofobia e estimula as crianças a se interessarem por sexo precocemente, sendo “uma porta aberta para a pedofilia” e “uma coletânea de absurdos”. Por mais de uma vez, no entanto, o Ministério da Educação negou a aquisição dos exemplares e a implementação de tal programa.
“A difusão da informação equivocada de que o livro em questão teria sido distribuído pelo MEC gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor”, destaca o ministro Carlos Horbach na decisão.
No pedido ao TSE, os advogados do PT chamaram os vídeos de “grave mentira” e afirmaram que o episódio ocorre desde 2016, com uma publicação no Facebook.
Em outra representação, porém, Horbach negou ao PT remoção de uma entrevista dada por Bolsonaro ao programa “Pânico” em que o candidato chama o material de “kit gay” e o associa ao candidato Fernando Haddad. O ministro entendeu que neste caso poderia ser configurada censura. “É possível concluir que os representantes buscam impedir que o candidato representado chame o material didático do projeto ‘Escola sem Homofobia’ de ‘kit gay’. Tal pretensão, caso acatada pelo Poder Judiciário, materializaria verdadeira censura”, escreveu Horbach.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::