quinta-feira, 15 de agosto de 2019

No Ceará a taxa de desemprego passou de 11,4% para 10,9 %


Um contingente de 3,35 milhões de desempregados no país procura trabalho há pelo menos dois anos. Isso equivale a 26,2% (ou cerca de uma em cada quatro) pessoas no total de desocupados no Brasil. Os números do segundo trimestre deste ano são recorde desde o início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), em 2012.
Os dados foram divulgados hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os números, no segundo trimestre de 2018 o contingente de desempregados procurando trabalho há no mínimo dois anos tinha menos 196 mil pessoas, ou seja, era de 3,15 milhões.
No segundo trimestre de 2015, o total era de 1,43 milhão de pessoas, ou seja, menos da metade do segundo trimestre deste ano.
No segundo trimestre, a taxa de desemprego do país recuou para 12%, percentual inferior aos 12,7% do primeiro trimestre deste ano e aos 12,4% do segundo trimestre de 2018. As maiores taxas foram observadas na Bahia (17,3%), no Ceará a taxa passou de 11,4% para 10,9 %.
A taxa caiu em dez das 27 unidades da Federação na passagem do primeiro para o segundo trimestre deste ano, segundo os dados divulgados nessa quinta-feira.

Região Nordeste

A Região Nordeste foi a única que apresentou todas as unidades com Nível de Ocupação inferior à média do Brasil.
A pesquisa pode ser acessada através do site do IBGE.


O Vereador Romário Araújo, 30 anos, chegou na manhã desta quinta feira (15) na Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral. Romário chegou algemado e escoltado por Agentes da Delegacia Municipal, sob o comando do Delegado Márcio Luís.

Romário foi preso na semana passada na cidade de Natal/RN por força de um mandado de prisão preventiva expedido pela juíza Joice Durval, da Comarca de Sobral. Romário Araújo é acusado de cometer crimes de estelionato. Segundo o Delegado responsável pelas investigações, Dr Márcio Romário, o acusado agora passa ser um preso da justiça e cessou o trabalho da polícia investiga e será dado baixa no mandado e em seguida será levado para fazer exame de corpo de delito e posteriormente será recambiado para a penitenciária, onde ficará à disposição da justiça.



Veja a chegada do Vereador na reportagem de Olivando Alves:


terça-feira, 13 de agosto de 2019

O parlamentar recentemente passou a fazer críticas à legenda e ao governo do presidente Jair Bolsonaro

O Partido Social Liberal (PSL) determinou nesta terça-feira (13), por oito votos a zero, a expulsão do deputado federal Alexandre Frota (SP). O parlamentar recentemente passou a fazer críticas à legenda e ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Frota estava insatisfeito com o veto do Palácio do Planalto a indicações dele para cargos na Agência Nacional de Cinema (Ancine) e a perda de poder do diretório municipal de Cotia, região metropolitana da capital paulista.
A executiva nacional do PSL justificou oficialmente a saída do deputado afirmando que Frota demonstrou “infidelidade” ao atacar o governo e colegas de bancada nos últimos meses. O deputado foi criticado, sobretudo, por se abster na votação do 2º turno da Previdência, o que foi considerado uma “traição” à legenda.  A proposta foi aprovada por 370 votos a favor, 124 contra e uma abstenção, a do parlamentar.
O presidente do partido, Luciano Bivar, afirmou que o PSL não concorda com os argumentos de Alexandre Frota, justificando a decisão de seu partido em expulsá-lo.

O curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Inta (UNINTA) promoveu, entre os dias 5 a 9 de agosto, a 4° edição da “Semana Zero” 2019.2. O evento teve como objetivo dar boas-vindas aos alunos do curso em um momento de troca de experiências e debates sobre os processos criativos nos projetos da profissão. 

De acordo com a organização, as atividades consistem em trazer temas que ampliam o repertório dos discentes com oficinas e cursos voltadas às práticas acadêmicas da área, além de palestras com professores e profissionais convidados, mostra de trabalhos de semestres anteriores e intervenções artísticas e paisagísticas no Campus. As atividades pedagógicas intensificam o processo projetual através de ferramentas do “pensar” e do “fazer” arquitetura e urbanismo.

Segundo o estudante do 8° semestre do curso, Pedro Canafístula, “o Zero surge como uma metáfora, a metáfora do novo, de um novo ciclo que se inicia junto ao período letivo de cada acadêmico do curso. É a busca pelo aperfeiçoamento, por novas formas de expressar e materializar o fazer “arquitetura”. E ainda acrescenta que “o pensar e fazer Arquitetura e Urbanismo vai muito além dos traços e croquis feitos em papel, é unir de forma simbiótica as diversas áreas de conhecimento adquiridos ao longo da jornada acadêmica, para materializar um objeto que, além de estético, seja funcional. Um evento do porte da Semana Zero UNINTA é essencial em nossa caminhada acadêmica, para que possamos aprender logo no início de cada semestre novas habilidades, que serão indispensáveis para a construção acadêmica, e futuramente profissional de cada um de nós.”

A noite de abertura contou também com o lançamento do livro da docente Dra. Michelle Ferreira Maia, Milagreiros: um estudo sobre três Santos populares no Ceará (1929 – 1978), fruto de sua tese de Doutorado em História pela Universidade Federal da Grande Dourados no Mato Grosso do Sul e na École des Hautes Études en sciences sociales em Paris, França. Segundo a autora, a obra estuda a devoção o povo cearense aos santos populares.


“Este é um momento especial. Apresentar o livro para os meus alunos é buscar dividir com eles a trajetória da minha vida acadêmica, pontuando a importância de sermos pesquisadores e de como estes trabalhos são de interesse público. O pesquisador traz a luz temas de interesse do cotidiano que não haviam sido explorados academicamente. Os Milagreiros oferecem ao leitor as crenças do povo cearense nos santos populares. Partilhar com meus colegas de trabalho foi um honra. Agradeço a todo o colegiado do Curso de Arquitetura e Urbanismo, em especial a professora Inês Bandeira, coordenadora, e a Alexandra Risello, gestora pedagógica do curso, que me cederam um espaço na Semana Zero para o lançamento do livro.”
Um pequeno prédio no bairro Dom Expedito foi o ponto de partida para a criação de um instituto que, anos depois, viria a se tornar um centro universitário de referência no país, o UNINTA.
No começo ofertando o curso de Teologia, não tardou para que o sonho crescesse e ganhasse mais corpo, passando a ofertar cursos em diversas áreas, atendendo uma demanda existente na região. Foi assim que o sonho não só virou realidade como, também, passou a transformar as realidades de milhares de estudantes do norte do estado. E a ser ponto de partida para que estes também passassem a sonhar grande. E a realizar.

Visionário, aquele professor, hoje Magnífico Reitor Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior, tinha em mente que não era suficiente apenas oferecer opções de ensino, mas que era necessário, principalmente, buscar a qualidade máxima, a excelência. E foi desta forma que a instituição passou a colecionar notas máximas em sucessivas avaliações de seus cursos pelo MEC, sendo uma das mais recentes a maior nota do Brasil dada a um curso de Medicina.

São hoje diversos blocos, dezenas de laboratórios, bibliotecas setoriais, ateliês, estúdios de rádio e de TV, compondo uma infraestrutura de nível internacional para seus mais de 12 mil estudantes do ensino presencial e tecnologias inovadoras a serviço de uma modalidade de EaD autorizada com nota máxima para seus mais de 31 mil acadêmicos espalhados em mais de 130 polos no Brasil e na Flórida (EUA). Sem contar as oportunidades de amplos campos de estágio e parcerias nacionais e internacionais, que promovem o intercâmbio do saber entre os estudantes do UNINTA e o mundo.

Como retorno à sociedade, além do UNINTA na Comunidade e do Laços de Família, a instituição oferece atendimento à população em seu NAPI, na Clínica Psicopedagógica, na Clínica Escola de Fisioterapia, no NADEF – Núcleo de Atendimento em Dermatofuncional, na Farmácia Escola, nos Hospitais Veterinários de Pequeno e Grande porte, no Núcleo de Práticas Jurídicas, além de uma Clínica Odontológica que prepara-se para abrir as portas nos próximos dias e abrigará cinquenta consultórios, permitindo aos estudantes exercerem a prática profissional.

Há 20 anos, aquele professor olhava para um prédio antigo e um registro no cartório e conseguia ver, além do visível, o resultado do investimento na realização de um sonho: o maior centro universitário cearense, uma instituição de referência nacional.

E hoje, mais do que o orgulho da realização, a certeza de que sonhar grande é fundamental para saber onde se quer chegar. E permitir que milhares de pessoas também possam sonhar é a maior recompensa para anos de trabalho e dedicação.


O UNINTA faz 20 anos. E sua história é a soma da história de todos vocês.


Após mais de um ano a espera de uma assistência por parte da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Sobral, uma família moradora do distrito do Jordão, decide ingressar na justiça para obter “alimento especial” para o filho que vive adoentado, deitando em uma cama, sem quaisquer condições de trabalhar.
O distrito tem dois Vereadores eleitos, ligados ao grupo político do Prefeito Ivo Gomes.



Com informações, Bené Fernandes/Gegê Romão.

sexta-feira, 9 de agosto de 2019


A proposta dereforma da Previdência que chegou, nesta quinta-feira (8), ao Senado Federal, deve tramitar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por quatro semanas e ser votada no Plenário nas duas semanas seguintes.
O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) foi oficializado, ontem, relator da proposta de reforma na CCJ e terá a missão de preservar o texto aprovado pela Câmara e de imprimir rapidez ao processo legislativo.
Para o ex-governador do Ceará, o País não suportaria arrastar a reforma da Previdência para o ano que vem. "Nós faremos praticamente deixar incólume aquilo que é o coração do que foi aprovado na Câmara e tentaremos, através de uma PEC paralela, colocar aquelas modificações, alterações e adições que forem decididas aqui", disse o tucano, ressaltando entender que esse é um consenso no Senado.
Na próxima semana, deverão ser analisados na comissão os requerimentos de audiência pública, previstas para a semana do dia 19. Na última semana de agosto, o relator poderá entregar seu parecer sobre a reforma. "Vamos ouvir diversas opiniões, contrárias e favoráveis, sugestões e esgotar esse tema dentro da CCJ", disse Tasso.
O relator projeta que a reforma irá resultar em uma economia de até R$ 930 bilhões em dez anos. Ele vai procurar estar alinhado com a equipe econômica na análise dos dados técnicos, se reunindo diariamente com técnicos, afastando interferências políticas na articulação da proposta.(Diário do Nordeste).

O curso de Jornalismo do Centro Universitário Inta (UNINTA) iniciou uma nova edição do projeto de extensão “Educomunicação: o jornalismo na escola” no semestre 2019.2, dando continuidade ao trabalho já realizado.
Além das escolas Pref. José Euclides Ferreira Gomes Jr. e Monsenhor José Gerardo Ferreira Gomes, o projeto também começará a atender a escola José Tupinambá da Frota, totalizando mais de 100 alunos assistidos.
Na quarta-feira (6), ocorreu uma reunião para discussão dos novos processos que serão aplicados no projeto ao longo desse semestre. Na ocasião estavam presentes professores do curso de Jornalismo, diretores das escolas envolvidas, além do superintendente da CREDE 6, José Samuel de Alcântara Oliveira.
Atualmente a iniciativa é coordenada pelo Prof. Me. Augustiano Xavier, com a participação de professores do curso, e contará com oficinas de Jornal Escolar, Rádio Escolar, Produção de Vídeos e Fanzines. Ambos desenvolvidas a partir das reflexões dos estudantes sobre seu cotidiano na comunidade e no espaço escolar.
O Prof. Me. Augustiano Xavier ressaltou o propósito dessa iniciativa. “O projeto tem como objetivo discutir a importância dos processos comunicacionais no ambiente escolar, colaborando com a aprendizagem dos alunos. O projeto também tem como objetivo fomentar a necessidade de se refletir sobre a relação comunicação e educação. Com as ações Educomunicativas os alunos envolvidos têm a oportunidade de refletir sobre seu cotidiano e gerar produtos comunicacionais que reflitam sua realidade. Seja no ambiente escolar, seja na sua comunidade como um todo.”

Fonte: Assessoria de Comunicação.
Resultado de imagem para neymar jr e nagila

Órgão cita falta de provas; delegada encerrou investigações no dia 29

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) pediu o arquivamento, por falta de provas, do inquérito sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra o jogador Neymar Júnior. O arquivamento da investigação agora depende de uma decisão judicial da Vara de Violência Doméstica, que deve ser tomada em cinco dias. 

“Decidimos pelo arquivamento do processo por não haver provas suficientes do que foi alegado pela vítima protegida. É importante deixar claro que o arquivamento do inquérito policial não implica em absolvição do acusado. Isso porque, com o arquivamento por falta de provas, o inquérito policial pode ser reaberto a qualquer momento, desde que surjam novas provas”, disse a promotora de Justiça Flávia Merlini, da área de Enfrentamento de Violência Doméstica.

De acordo com o MP-SP, os exames feitos pelo Instituto Médico Legado (IML) não apontaram nenhum tipo de lesão em Najila, com exceção de um ferimento no dedo. “O MP entendeu que a agressão narrada pela vítima fazia parte de um contexto. Das provas analisadas, não se apurou o que seria um crime [de agressão] a ser apurado à parte. Mesmo porque todos os laudos oficiais feitos pelo IML não constataram nenhuma lesão corporal na vítima, a não ser no dedo”, explicou a promotora.

Flávia Merlini ressaltou que a denúncia da modelo foi enfraquecida em razão de Najila não ter entregue à Justiça o aparelho celular no qual ela dizia ter provas do estupro. “Ela mencionou o tempo todo que as provas que tinha dos fatos que noticiou estavam nessas filmagens do celular dela, só que esse celular ela se negou a entregar em um primeiro momento e, num segundo momento, ela disse que tinha desaparecido”. 

No último dia 29, a delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, encerrou as investigações sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra Neymar Júnior. A polícia decidiu não indiciar o jogador pelos supostos crimes.

Fonte:. Agência Brasil 

quarta-feira, 7 de agosto de 2019


Professores do ensino fundamental estão sendo investigados por estupro de crianças dentro de escolas municipais de Sobral, no Ceará. O caso vinha sendo abafado, mas familiares resolveram procurar ajuda.

O caso já chegou na Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Conselho Tutelar já noticiou o Ministério Público Estadual.

“Vovó, o tio me trancava dentro da sala no final da aula, ele ameaçava me matar se eu contasse pra senhora”, foi assim parte do doloroso relato que a vozinha ouviu da criança de apenas 10 anos.

Um dos acusados é professor na escola José Parente Prado, no bairro Sumaré. 

ALERTA:

1 - Seja vigilante ao comportamento dos seus filhos.
2 - Se estiverem se recusando em ir pra escola já pode ser os primeiros sinais de algum tipo de abuso.
3 - Se a criança apresentar dificuldade de dormir ou acordar assustado pelas madrugadas.
4 - A criança perder o interesse pelo estudo ou pela escola.
5 - Em caso de suspeitas leve o caso imediatamente ao Conselho Tutelar ou ligue para o Disque 100.
Fonte: Wellington Macedo
Foto ilustrativa   

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

APAE SOBRAL

APAE SOBRAL

2019.2

2019.2

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::