segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Uma recente decisão da Suprema Corte da Argentina tem dado o que falar no país: um cidadão que for pego bisbilhotando o celular, e-mail ou redes sociais de outra pessoa pode pegar pena de 15 dias a um ano de prisão, por estar cometendo crime de espionagem.

A decisão veio após diversos processos entre namorados e ex-namorados que tiveram suas mensagens particulares lidas pelos parceiros.

Segundo as leis argentinas, o infrator será investigado pelos mesmos órgãos que julgam crimes de terrorismo, narcotráfico e corrupção.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

SECS

SECS

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::