quinta-feira, 18 de janeiro de 2018



A janela partidária para mudar de partido, que vai de março a abril deste ano, poderá mudar a atual composição da Assembleia Legislativa no Ceará, fortalecendo algumas agremiações e enfraquecendo outras.

Durante todo o mês de janeiro, apesar do período de recesso, conversas estão sendo encaminhadas entre lideranças políticas locais no intuito de fechar questão quanto às mudanças que devem ser oficializadas. Já no mês de fevereiro novas filiações podem acontecer antes mesmo da abertura da janela.

Dois parlamentares que foram expulsos do PSD estão em fechando questão para mudar de sigla. Como o deputado Osmar Baquit, que algum tempo, vem negociando com o PDT. Já Gony Arruda, terá como seu novo destino o Partido Progressista (PP), e por outro lado o deputado Walter Cavalcante (PP), já está de malas prontas para retornar ao MDB, partido pelo qual foi eleito em 2014.

O Parlamentar eleito pelo PROS e atualmente no PMB, Odilon Aguiar deve deixar o partido e ingressar no PSD. Noutra frente, o deputado Capitão Wagner (PR) decide ainda nesta semana se permanece no Partido da República (PR) ou se ingressa no PROS. O ex-presidente do PHS, Tin Gomes, também procura legenda para ingressar, a fim de participar do processo eleitoral deste ano.

Esse prazo para que o parlamentar realizem mudanças sem correr o risco de perderem o cargo, ocorre duas vezes por mandato. A primeira é dois anos após a eleição. A segunda começa sete meses antes da eleição e dura 30 dias.

Com informações do DN

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

APAE SOBRAL

APAE SOBRAL

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::