quarta-feira, 21 de março de 2018

São mais de 375 mil eleitores cearenses com inscrições canceladas junto à Justiça Eleitoral por ausência em três votações consecutivas sem a justifica formal ou em revisões obrigatórias, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) referentes ao dia 15 de março. O número exato é de 375.764 títulos, que deve subir até a contabilização geral. Os eleitores com pendências precisam regularizar a situação junto ao TRE-CE até 9 de maio, prazo definido pelo Tribunal Superior Eleitoral para o pleito de 2018.
Apenas de ausência em revisões obrigatórias, são, até o momento, 218.041 eleitores impossibilitados de votar em outubro. No topo da lista está o município de Icó, com 9.643 pendências, seguido por Maranguape (9.589), Pacatuba (9.068), e Morada Nova (9.010). Na casa dos oito mil cancelamentos ainda aparecem Aracati e Quixadá. As cidades de Jati e Penaforte estão na outra ponta, com dez e nove casos, respectivamente, e Granjeiro encerra o levantamento, com seis pendências. No total, 123 dos 184 municípios cearenses têm eleitores com limitações impostas pela Justiça Eleitoral.
O processo de regularização é permanente, com atualização diária nas estatísticas da Justiça Eleitoral. Mesmo com o fim do período de revisão biométrica nos municípios, os dados são incluídos na relação em intervalo médio de dois meses, quando o trâmite legal é cumprido.
(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

APAE SOBRAL

APAE SOBRAL

2019.2

2019.2

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::