quinta-feira, 2 de agosto de 2018

A decisão do PT Ceará em não indicar nome para o Senado não agradou a direção nacional da sigla. A presidente do partido, Gleisi Hoffmann, disse que o Diretório Nacional do PT vai entrar com recurso junto ao Diretório petista no Ceará para derrubar a decisão de não indicar nome o Senado em 2018. A posição do PT, articulada pelo governador Camilo Santana (PT), favorece indiretamente um “inimigo” do partido, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB).

Em entrevista ao Estadão na noite da terça-feira (31), Gleisi reforçou que o PT não apoiará Eunício. “A discussão sobre a vaga será feita no diretório nacional. Ele (Camilo Santana) que tem que responder sobre isso (proximidade com Eunício), estou falando da posição do PT. Nós não apoiamos o Eunício, temos uma posição contrária a ele e o governador sabia disso”, ressaltou Gleisi.

Na segunda-feira (30), Camilo havia dado nova demonstração pública de aliança com Eunício. Em evento de adesão, o governador chegou acompanhado de Eunício e de Cid Gomes (PDT), ambos pré-candidatos ao Senado.

O presidente do PT no Ceará, Moisés Braz, em entrevista à Tribuna BandNews, disse que ainda não foi comunicado oficialmente da medida e não acredita que a decisão local será revertida. Em caso contrário, ele afirma que terá de retomar a discussão pela escolha do nome à segunda vaga ao Senado.


Fonte: Tribuna do Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

SECS

SECS

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::