quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Além de decidir manter o reajuste dos servidores civis para 2019, o presidente determinou o aumento salarial de 16,38% dos ministros do Supremo Tribunal Federal, passando de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Para bancar o gasto extra, Temer combinou com o STF o fim do auxílio-moradia, de R$ 4,7 mil, para a magistratura.
Com isso o governo não precisará mudar a Lei de Diretrizes Orçamentárias, fará apenas um ajuste no Orçamento. O custo extra será de R$ 930 milhões. Técnicos do Congresso avaliam que a medida pode gerar um efeito cascata em todo setor público, fazendo o gasto atingir quase R$ 4 bilhões.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

SECS

SECS

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::