terça-feira, 2 de outubro de 2018


Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em cancelar mais de 3,3 milhões de títulos de eleitor por falta de cadastramento pode complicar candidatura de Lia Gomes (PDT), irmã de Cid e Ciro Gomes, a deputada estadual.
Em votação na tarde de ontem, sete ministros se posicionaram contra pedido do PSB que contestava a exclusão desses eleitores. Como Lia Gomes tem domicílio eleitoral em Caucaia, um dos municípios onde a biometria é obrigatória, ela poderá ter candidatura barrada.
Atualmente, a irmã de Cid e Ciro teve candidatura indeferida, mas recorre da decisão na Justiça Eleitoral. Na eleição deste ano, a biometria será obrigatória em 127 dos 184 municípios cearenses. A lista de todas as cidades pode ser conferida na página do TRE-CE.
Em contestação no STF, o PSB questionava o cancelamento, afirmando que a ação viola diversos princípios constitucionais, como a democracia, cidadania, soberania popular e direito ao voto. Segundo o TRE-CE, 234,4 mil eleitores cearenses tiveram o título cancelado.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

SECS

SECS

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::