quinta-feira, 4 de outubro de 2018

A hora está chegando e os 6,3 milhões de eleitores estão se preparando para, no próximo domingo, a partir das 8 horas, eleger os 46 novos deputados estaduais, 22 deputados federais, dois senadores, o governador do Ceará e o presidente da República. O maior número de votantes está em Fortaleza, com 1.774.989 eleitores, vindo, em seguida, Caucaia, com 209.000 pessoas a votar.
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) registrou 251 pedidos de postulantes à Câmara Federal e 565 candidatos à Assembleia Legislativa. Muitos candidatos desistiram ou tiveram o registro negado pela Justiça Eleitoral. Ex-gestores do dinheiro público, condenados em órgãos colegiados, tentaram manter a candidatura, mas foram barrados pela Lei da Ficha Limpa, como os ex-prefeitos de Juazeiro do Norte (Raimundo Macedo) e de Icapuí (Dedé Teixeira).
Dos 6.344.483 eleitores, milhares irão às urnas sem um candidato definido. A dúvida persiste, especialmente, na escolha dos senadores, deputados estaduais e federais. A incerteza sobre o voto faz os candidatos apostarem na boca de urna – dentro dos limites da lei, como último recurso à procura dos eleitores indecisos.
Os candidatos que conseguirem reverter ou conquistar o voto dos eleitores a caminho das urnas podem se dar bem e garantir, na reta final, o apoio necessário para chegar à Assembleia Legislativa ou Câmara Federal. Com base nas eleições de 2010 e 2014, as lideranças políticas calculam que, com 80 mil votos, um partido ou coligação elege um deputado estadual e, para Câmara Federal, dentro desses mesmos parâmetros, a vaga estará assegurada com 180.000 votos.
(*) Da redação do Jornal Grande Porto.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

INNOVARE

INNOVARE

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CENTRO UNIVERSITÁRIO

ADVOCACIA E CONSULTORIA

ADVOCACIA E CONSULTORIA

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::