quinta-feira, 10 de outubro de 2019


PCdoB tenta derrubar gratuidade na carteira de estudante proposta pelo governo
A ameaça à UNE fez o PCdoB apresentar 55 emendas na MP do governo. A ideia é travar o andamento da MP no Congresso até fazê-la caducar e perder o efeito.
Em um dos grandes acertos do governo Bolsonaro, uma MP editada no começo do mês passado, junto com o Ministro da Educação Abraham Weintraub, acaba com o monopólio da UNE de emitir carteiras de estudantes.
A MP vai além e permite a emissão de carteiras gratuitas via aplicativo. A Caixa Econômica Federal ainda pode emitir as carteiras físicas, mas também sem cobrar nada. A medida é uma ameaça à UNE, comandada pelo PCdoB há algumas décadas, que cobra cerca de R$ 35 mais frete por carteirinha.
Ou seja: para quê um estudante vai pagar R$ 35 pra UNE se pode tirar de graça num aplicativo do governo?
Com informações de Crusué e MBL News

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

APAE SOBRAL

APAE SOBRAL

2019.2

2019.2

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::