quinta-feira, 31 de outubro de 2019



Foto: Prefeitura de Fortaleza

Em reunião na tarde desta terça-feira (29), entidades decidiram a criação de coordenadoria unificada para monitorar as manchas de óleo no Ceará

Quase três toneladas de resíduos oleados já foram retirados do litoral cearense desde que a substância começou a se espalhar pelo mar. A informação foi dada pelo gerente de Monitoramento de Análises da Superitendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace), Gustavo Gurgel. Na tarde desta terça-feira (29), representantes de diversas entidades que trabalham no combate às manchas de óleo no litoral do Ceará estiveram em reunião para definir as próximas ações contra a expansão do material tóxico.

Uma das decisões tomadas foi a instauração de uma coordenadoria unificada para monitoramento e deliberação de ações a respeito do problema ambiental. O grupo vai funcionar na Capitania dos Portos e contará com representantes da Semace, da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), do Ibama e da Marinha.

Além disso, nesta terça-feira teve início os trabalhos de contenção contra o avanço da mancha de óleo, feito em duas frentes: no Rio Curú e no Rio Jaguaribe. A intenção é impedir que a substância chegue aos rios, cujas águas são usadas na irrigação e consumo humano e de animais.

Via Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é monitorado por tanto cuidado com o que escreve.

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

CENTRO UNIVERSITÁRIO - UNINTA

APAE SOBRAL

APAE SOBRAL

2019.2

2019.2

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E MARKETING

:: Confira abaixo, as Mais Lidas da Semana ::